João Grilo – Piano

grilo foto.jpg

Nasci em 1993 no Luxemburgo e aos doze anos mudei-me para o Porto. Aqui, estudei na Escola Jazz doPorto e no Conservatório de Música do Porto. Em 2011 entrei na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo no curso de Piano jazz, tendo terminado o mesmo em 2015. Durante o curso tive a oportunidade de frequentar algumas cadeiras do curso de composição, nomeadamente de Técnicas de Escrita e Orquestração. Ao longo do período em que estudei na ESMAE frequentei os workshops de jazz, promovidos pelo festival Guimarães Jazz.

Ainda nesta altura, participei como compositor e performer na banda sonora do espectáculo ‘Fios de Terra’com a companhia de teatro ‘DEMO’, tendo esta peça sido criada e apresentada no contexto da Capital Europeia da Cultura – Guimarães.

Paralelamente, trabalhei com o grupo ‘Retimbrar’ tendo participado no seu primeiro album ‘Voa Pé’, com‘Mariana Root’ na área do world music e com ‘Mané Fernandes’ e ‘Eduardo Cardinho’ na área do jazz.

No final do ano 2015 gravei o meu primeiro CD (de composições originais), chamado ‘Como se chama o teu disco?’ com o apoio e edição da Porta Jazz.

Actualmente, para além do projecto que lidero (‘O Grilo e a Longifolia’), trabalho com os grupos ‘Hue of Paloma’, projecto de jazz com influências estilísticas provenientes do hip-hop e com o grupo ‘Chap Chap na Brava’, um grupo que explora características da musica folk, com o objectivo de fazer dançar eprestando especial atenção às danças tradicionais europeias. Participo em ambos os projectos como performer e compositor.

Para além disso, integro a recém nascida associação ‘Interferência – Associação de Intervenção na Prática Artística’ onde, entre outros objectivos, se destacam a criação e divulgação da música actual. 

Anúncios